Portugal entre os países que lideram nas energias renováveis

O relatório Energy Revolution Global Outlook do grupo Drax indica que nos últimos dez anos o mundo adicionou 1,125 gigawatts (GW) de energia renovável às suas fontes produtoras de eletricidade. A energia eólica e solar são as que crescem mais depressa, com ritmos de 20% e 40% ao ano, respetivamente.

Portugal aparece no top dez dos países que mais capacidade de energia renovável adicionou por pessoa na última década. No topo desta lista está a Alemanha, com quase 1 quilowatt (kW) de capacidade por pessoa. Portugal está em nono lugar, com quase meio quilowatt de capacidade de energia renovável adicionada por pessoa.

Mais negativa é a percentagem de energia produzida no nosso país a partir de carvão. Segundo o relatório, em Portugal cerca de 20 por cento da eletricidade ainda é gerada recorrendo a este combustível fóssil. Ainda assim, e pela positiva, este valor coloca Portugal em 13º no ranking dos países que menos carvão usa no seu mix de energia.

Em termos globais, em 2017 o mundo emitiu em média 450 gramas de dióxido de carbono (CO2) por cada quilowatt-hora de energia. É um valor ainda bastante alto e que flutua bastante consoante o país analisado. Por exemplo, a Escandinávia, França e Nova Zelândia lideram com praticamente zero CO2 emitido na produção de eletricidade. No espetro oposto estão a China, Índia, Polónia e África que ainda dependem em larga medida de carvão para produzir energia e emitem muito CO2.

Márcio Florindo

Foi jornalista de tecnologia durante 15 anos e mais recentemente dedicou-se aos temas da mobilidade elétrica e energias renováveis. É apaixonado por ciência desde que se lembra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *