Paris troca autocarros a diesel por elétricos

A empresa responsável pelos transportes públicos na cidade de Paris , anunciou a compra de 800 autocarros elétricos. Estes autocarros serão usados para substituir os atuais modelos a diesel que circulam nas ruas da capital Francesa e para ajudar a combater o smog que asfixia a cidade.

Os autocarros vão ser fornecidos por três empresas Francesas (Heuliez Bus, Bollore e Alstom). O operador de transportes RATP disse que vai comprar autocarros em quantidades iguais a cada uma delas, num total de 400 milhões de euros.

Para já, serão comprados 150 autocarros e as primeiras entregas deverão ser feitas entre 2020 e 2022.

Segundo a agência AFP, as autoridades locais querem que Paris tenha autocarros mais limpos até 2025. Nessa altura só poderão circular modelos elétricos e a biocombustível.

A nossa opinião

A compra de autocarros elétricos representa uma excelente notícia para Paris e os seus habitantes. Todavia, preocupa-nos saber que as autoridades Parisienses consideram os biocombustíveis “limpos”. Existem vários potenciais problemas com este tipo de combustíveis, desde desflorestação, poluição atmosférica, uso de recursos aráveis para criar combustível em vez de alimentos, entre outros.

A Comissão Europeia, por exemplo, só muito recentemente (Fevereiro de 2019) decidiu parar de usar biodiesel produzido com óleo de palma. Ainda assim, continua a haver alguns problemas nesta decisão, como o facto de se permitir o uso de óleo de palma desde que provenha de plantações feitas em “áreas não utilizadas”. O futuro deverá ser totalmente elétrico para evitarmos adiar o necessário e continuar a poluir as nossas cidades.

Márcio Florindo

Foi jornalista de tecnologia durante 15 anos e mais recentemente dedicou-se aos temas da mobilidade elétrica e energias renováveis. É apaixonado por ciência desde que se lembra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *