Baterias do Nissan Leaf têm vida útil de 22 anos

A Nissan diz que as baterias do Leaf têm uma vida útil de 22 anos.

Esta afirmação foi proferida no evento Automotive News Europe Congress. Nele, Francisco Carranza, diretor dos Serviços de Energia da Renault-Nissan, disse que estes dados foram recolhidos da frota de 400 mil carros elétricos da Nissan. Segundo Carraza, estes dados mostram que as baterias deverão sobreviver ao próprio carro por 10 a 12 anos, tendo em conta os padrões de degradação.

O que é a vida útil da bateria?

Os Leaf não são propriamente conhecidos pela excelente durabilidade das suas baterias. Aliás, a primeira geração destes veículos elétricos ficou conhecida pelos problemas de degradação da bateria. Estes problemas de perda de capacidade de carga estavam diretamente relacionados com a falta de um sistema ativo de gestão da temperatura. Assim, e especialmente em climas mais quentes, os ciclos de carga rapidamente começaram a degradar as baterias do Leaf devido ao calor. Portanto, as afirmações de Carrazo à Autonews não parecem fazer sentido.

Todavia, Carrazo estava a referir-se à possibilidade de a Nissan aproveitar baterias em fim de vida para outros fins. É bastante provável que as afirmações tenham sido proferidas do ponto de vista de quem pretende usar baterias que já não servem para veículos elétricos, em projetos de armazenamento de energia. É que “vida útil” de 22 anos da bateria não é necessariamente sinónimo de uma bateria capaz de fornecer autonomia suficiente para tornar o veículo útil.

Márcio Florindo

Foi jornalista de tecnologia durante 15 anos e mais recentemente dedicou-se aos temas da mobilidade elétrica e energias renováveis. É apaixonado por ciência desde que se lembra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *